Diretor Musical

 

BEANY OBDULIO CABRERA MORENO

 

Natural de Ciudad Bolívar/ Venezuela, Beany Cabrera nasceu no dia 02 de janeiro de 1985 e iniciou seus estudos na música aos 09 anos de idade na Escola de Música Carlos Afanador Real na cidade de Bolívar Estado Bolívar, logo depois, passou pelo Conservatório de Música Simón Bolívar na Cidade de Caracas. Aos 15 anos, já era monitor na Orquestra Sinfônica Juvenil de Ciudad Bolívar por FESNOJIV.

Em 1995 foi membro fundador da Orquestra Sinfônica Infantojuvenil de Ciudad Bolívar/Venezuela. De 1999 a 2001, foi integrante da Orquestra Sinfônica de Ciudad Guayana/Venezuela, além de participar do vídeo para a celebração do novo milênio, ano 2000, exibido na RCTV junto com a BBC de Londres, que levou o sinal para mais de 80 países.

Foi fundador e Spalla do Quarteto “Otetrauc”, de Ciudad Bolívar em 2003 e em 2004, foi professor fundador da Orquestra Sinfônica Infantil de Ciudad Bolívar – Primeiro Ano Acadêmico Ciudad Bolívar (Fundacob).

Já em Boa Vista/RR, foi o fundador da primeira Orquestra Infantojuvenil e primeira Orquestra de Câmara de Boa Vista em 2005, sendo regente de ambas de 2005 a 2015 e ainda spalla da Orquestra de Câmara.

A partir de 2006, participou de vários cursos, master class e apresentações, tais como:

– 28º Curso Internacional de Verão de Brasília;

– Participação na Orquestra XXVIII CIVEBRA, sob a direção musical do Maestro Ricardo Rocha;

– Master Class de Direção Orquestral com o Maestro Ricardo Rocha;

– Master Class e aulas individuais de violino com a Professora Evguenia Popova;

– 26º Festival de Música de Londrina;

– Prática de Música de Câmara com a professora Irina Ratcheva, junto com a Orquestra de Câmara Municipal de Boa Vista;

– Master Class e aulas indiciduais de violino com a professora Eva Szekely;

– Apresentação com a Orquestra de Câmara Municipal de Boa Vista no Auditório Luzamor, em Maringá – Londrina.

Em 2007, participou dos seguintes cursos:

– Curso de Introdução a Regência e Prática Interpretativa, promovido pela Administração Regional do SESC de Boa Vista/RR;

– Conceituação das Artes;

– Conceituação de Música e Intérprete;

– Filosofia de Regência;

– Compasso Simples;

– Compassos Compostos mais Usados;

– O “Levare”.

Em 2008 foi certificado com a habilitação de violinista e violista pela Ordem dos Músicos do Brasil de acordo com o § 1º do art. 28 da Lei nº 3.857 de 22 de dezembro de 1960 e em 2009 fez o curso de regência (Técnicas de Ensaio e Prática de Conjunto) Painéis Funarte Regência, em Boa Vista/RR.

Já em 2014, participou das seguintes atividades:

– Curso de Regência da 4ª Edição Música na Estrada ministrada pelo Maestro da Orquestra Filarmônica do Amazonas e da Orquestra de Câmara do Amazonas, Marcelo de Jesus, que ocorreu em Boa Vista/RR;

– Curso de Direção Orquestral ministrado pelo Maestro Isaac Karabtchevsky no Música Riva Festival na cidade de Riva del Garda/Itália;

– Oficina intitulada “A Pedagogia Dalcroze nos dias de Hoje – Uma Educação por e para a Vida”, ministrada pelo professor Iramar Rodrigues do Instituto Dalcroze, na cidade de Genebra/Suíca;

– A pedagogia Dalcroze e sua Filosofia;

– Os Elementos da Rítmica Dalcroze;

– Correlação entre a Linguagem Musical e a Rítmica Dalcroze;

– Prática Pedagógica.

Em 2016, atuou como regente da Orquestra Sinfônica do Instituto Boa Vista de Música e da Orquestra da Universidade Federal de Roraima – UFRR. Também participou do Master Class de Regência Orquestral com o Maestro Marcelo de Jesus, da Orquestra Amazonas Filarmônica. Ainda neste ano, se formou em contabilidade pela UFRR.

De 2007 a 2017, foi o regente da Orquestra de Câmara e da Orquestra, ambas do Instituto Boa Vista de Música

Atualmente, além de continuar atuando como maestro, Beany Cabrera cursa pós-graduação em Musicoterapia pela Faculdade Censupeg, em Manaus/Amazonas.